• Redação

Em noite festiva, SINDESP-PR celebra 35 anos e dá posse à nova diretoria

Atualizado: 20 de jun.


O Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Paraná (SINDESP-PR) celebrou solenemente seu 35º aniversário e deu posse à nova diretoria na noite desta quinta-feira (9/6), em Curitiba. Cerca de 150 pessoas se reuniram no Espaço Maggiore para a celebração do sindicato que congrega atualmente 270 empresas do ramo, todas com atividades autorizadas pela Polícia Federal.


A cerimonialista Norma Zélia abriu a cerimônia lembrando que a instituição começou como associação em 16 de janeiro de 1987, passando em 1º de maio do mesmo ano a se estabelecer como sindicato. Evocando passagens bíblicas do Livro de Crônicas e versos da poeta Adélia Prado, segundo os quais "quanto mais vivemos, mais eternidades criamos", Norma estabeleceu a diferença entre preço e valor, ressaltando que os serviços de segurança privada prestados pelas empresas associadas ao SINDESP têm valor elevado, pois lidam com bens tangíveis e intangíveis que merecem ser protegidos e mantidos em segurança.


O texto alusivo às Bodas de Coral do SINDESP-PR também destacou o valor do associativismo. "Sindicado é união, é a força da luta coletiva. É trabalho e legado; agora e construção", disse. A abertura incluiu também a exibição de um vídeo institucional encerrado com um significativo lema: "Com segurança chegamos até aqui; pela segurança iremos ainda mais longe".


Em seguida, Jeferson Furlan Nazário, presidente da Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) tomou o compromisso de posse de Alfredo Ibiapina, reconduzido-o à presidência do SINDESP-PR para uma nova gestão. Depois, foi a vez de Ibiapina dar posse a toda a sua diretoria (confira aqui a chapa completa). "Agradeço ao prestígio de todos os que vieram de perto e longe para estar aqui. Acredito na segurança privada e vou seguir lutando pelo setor", afirmou Ibiapina, emocionado.


Homenagens


Já empossado, Ibiapina homenageou empresários do setor por contribuições dadas ao longo da história do SINDESP-PR. Algumas delas terão seus nomes eternizados em espaços específicos da sede do sindicato. Nazário passa a nomear o auditório. A galeria de ex-presidentes tem agora como patrono Jerfferson Simões e o espaço de confraternizações recebe o nome de Maurício Smaniotto.


Comovido com a homenagem, Nazário discorreu sobre o desafio empresarial de sobreviver e gerar empregos em meio aos obstáculos econômicos e sanitários. E conclamou as empresas filiadas: "Persistam! Mantenham-se próximos, ajudem o presidente a trabalhar pelo setor". O presidente do SEAC-PR, Adonai Aires de Arruda, também fez questão de dirigir algumas palavras aos presentes. "A grandiosidade desta cerimônia simboliza a importância que as empresas do setor trazem ao mercado", disse, parabenizando Ibiapina e a mensagem de abertura da solenidade. Arruda também aplaudiu a iniciativa do SINDESP-PR de homenagear os que contribuíram para o sindicato em vida. "O reconhecimento de pessoas vivas é sensacional", pontuou.



50 visualizações0 comentário