top of page
  • Foto do escritorVilson Trevisan

Bem-vindo à nossa convenção!


A materialização dos interesses dos agentes que idealizam suas necessidades, em matrimônio do ente econômico com o laboral, permite, diante dos seus respectivos desejos, a montagem do processo anual de renovação.


O ambiente deve ser o mais honesto e respeitoso possível, para que ao final dos trabalhos possamos com tranquilidade fazer nossos repasses, e formular propostas aos futuros contratos com a máxima responsabilidade!


As disputas no mercado devem ser intensas, mas não há necessidade de serem tensas.


Existe uma linha bem definida que iguala a todos com relação aos itens nela constantes. Salário, benefícios, regras de cálculo e jornadas. Nesse aspecto esses elementos com seus respectivos Direitos Trabalhistas e Previdenciários, consomem mais de 75% do valor global da proposta. Os tributos consomem outros percentuais, sobrando pouca margem para suprir todas as necessidades de executar um bom serviço e alcançar o objetivo primordial, o econômico, denominado hoje de lucro!


Ainda nos defrontamos com um ambiente hostil por parte de alguns órgãos de fiscalização, no âmbito do mercado público, onde se fazem regras e montam seus pareceres de forma a impedir o bom andamento do mercado, e ainda falam verdades sobre o comportamento desastrado de alguns atravessadores.


A palavra inexequível deixou de ser confirmada, existe nas Leis, nos Processos, mas perante esses órgãos de fiscalização eles assim, se expressam: "Não é objetivo do Estado espoliar o particular. Por outro lado, cabe ao próprio particular, a decisão acerca do preço mínimo que ele pode suportar."


Portanto, ao apresentar sua proposta, o faça com análise, com carinho, com sabedoria, pois o resultado esperado pode não ser alcançado, ainda há tempo para sua reflexão!


Busque preço confortável, onde o item lucro cresça e possa lhe proporcionar o pagamento pelo sacrifício de ser empresário nesse país.


Vilson Trevisan

Consultor econômico do SINDESP-PR.

77 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page